Wire 3D Printing

Você é programador e está entrando no universo das impressoras 3D?

Existe um campo bem interessante para você começar a brincar.

Não sei se você sabe, mas impressoras 3D não são inteligentes. Elas apenas seguem ordens. Nenhum movimento feito é resultado de alguma interpretação dela. Dito assim pode parecer óbvio, mas muitos acreditam que a impressora 3D recebe o arquivo com o objeto tridimensional e extruda o plástico de acordo com essa estrutura.

Mas não é isso que acontece. Existe uma etapa intermediária. A inteligência de impressão, incluindo questões de qual caminho percorrer, velocidade, temperatura e tudo mais, são passados por um arquivo de impressão, gerado por programas feitos especificamente para esse fim.

A graça disso é que esta inteligência pode ser deturpada, modificada e melhorada sem precisar hackear a impressora.

E isso pode gerar coisas interessantes, vou citar 3 no texto abaixo:

Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D Printing

Estudantes de arquitetura e urbanismo chineses montaram uma CNC com 6 eixos que extruda plástico ABS na ponta.

É um projeto mais conceitual. Eles queriam mostrar que é possível diminuir a distancia entre design e fabricação, ou seja, uma maneira de arquitetos fabricarem seu trabalho com velocidade e precisão.

Como parte da filosofia chinesa tem esta pegada de “a natureza como professora”, emular uma aranha tecendo pareceu apropriado para eles.

O projeto é interessante em diversos níveis, mas uma das coisas que chama atenção é que, apesar da extrusão ser uma impressão 3D, como ela não é “camada por camada”, se assemelha mais as canetas 3D. Ainda mais quando o mecanismo usado é um braço robótico Kuka.

Outro exemplo vem de um trabalho de pesquisa da Universidade de Cornell, cujo objetivo era deixar o processo de prototipagem mais rápido.

Muito provavelmente este trabalho deve ter servido de inspiração para os estudantes chineses, pois além de ser anterior, teve uma versão cuja aplicação era através de um braço robótico.

A mecânica é similar ao projeto chinês, mas tem objetivo prático de criar previews rápidos das peças impressas extrudando apenas o wireframe das mesmas.

Muito mais rápido e usando muito menos material. Repare nas fotos que é possível selecionar parte do modelo para ser impresso do jeito “tradicional” (veja o focinho do coelho) ajudando na visualização da parte que está sendo trabalhada com maior nível de detalhe.

Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
3D Pen
3Doodler
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D Printing
Wire 3D PrintingWire 3D Printing3D PenWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D PrintingWire 3D Printing

O último exemplo vem de uma campanha de crowdfunding. Não foi bem sucedida para conseguir o investimento, mas ainda vale como ilustração. A proposta era fazer partes customizaveis para longboard usando impressão 3D mas controlando a direção da impressão para conseguir mais resistência com menos peso.

3D Print
3D Print
3D Print
3D Print
3D Print
3D Print3D Print

Enfim, se você é programador, tem muita coisa interessante pra fazer no universo de CNC e impressoras 3D.

Apesar de muitas vezes o projeto precisar de mudanças também no hardware, se você é programador deveria olhar com mais carinho para as impressoras 3D. É um campo novo e que tem bastante oportunidade para evoluir.

Procurar