Impressão 3D Medicina
impressão 3D medicina

Imprimir aspirina em casa? Ou que a minha vizinha poderá imprimir êxtase para as festinhas dela?

É, talvez. Mas mais interessante que isso é permitir que um farmaceutico aposentado crie novos medicamentos.

Isso é bom? Ruim? Deixo pra vocês concluírem.

Um taiwanês detalhou um caminho para se criar uma impressora de drogas e medicamentos.

Como? Usando pinças ópticas que vão sintetizar o medicamento átomo por átomo.

Fácil.

Segundo ele, a inspiração veio das antigas máquinas de fazer bolo de ovo chinesa (foto). Uma espécie de máquina de waffe versão oriental.

Ah, ta….

Bom, está longe, mas talvez nem tanto. O maluco acha que ainda demora uns 20 anos. Muito tempo, até lembrar que mês passado comemoramos 30 anos de Diretas Já.

Paper aqui

Quer ler mais sobre pinças óticas? Aqui.

Ricardo Cavallini

Fundador do Makers Brasil.

Procurar