Wally

Defina as 3 startups que irão impactar sua empresa no futuro. Para ficar mais divertido, escolha 3 startups que sua empresa deveria comprar. Não importa o motivo de sua escolha. Pode ser comprar pra matar, comprar para absorver tecnologia e inovação, para ter um diferencial etc.

Não importa o motivo porque o exercício aqui é outro. Agora, neste exato momento, tem alguns quilos de startups se esforçando para matar sua empresa. Para botar sua indústria de cabeça pra baixo. Para mudar a cultura e o comportamento de seus clientes. Para criar um novo modelo de negócio que inviabilizará o seu. Para mudar a percepção de inovação do consumidor. Para diminuir sua margem de lucro.

Enfim, você me entendeu e nem acredito que precise defender isso. Estamos vendo este movimento acontecer em várias indústrias e segmentos. Alguns já aconteceram, alguns estão acontecendo, outros no processo de acontecer. A dúvida não é mais “se”, mas “quando”.

Portanto, se você não consegue dar nomes as startups que podem impactar o seu segmento, você tem um problema.

Não quer dizer que você esteja sendo leviano. A procura por estes nomes não é fácil. Elas podem vir de fora do seu mercado. Podem vir de fora do Brasil. Surgir aqui como copycat de alguma startup gringa que deu certo. Podem até estar em stealth mode e sair de um bueiro sujo qualquer quando você menos espera.

Mas a preocupação e o esforço para mapear os nomes, riscos e oportunidades deveria existir e este trabalho já deveria ter começado.

O bom e velho benchmark de concorrência ficou caduco. Além dos concorrentes tradicionais, agora temos gigantes como Amazon, Apple e Google entrando em segmentos aparentemente distantes de suas vocações iniciais e milhares de pequenas startups matando o antigo conceito de concorrência.

Se adaptar passa não apenas por entender isso, mas também por repensar a forma de atuação. Comprar estas empresas seria realmente o caminho correto? Parcerias? Acquihire? Investimento seed? Joint Venture? Inovação aberta? Venture builder? Corporate Venture? Coworkings? Hackathons?

Tudo isso junto e misturado? Não existe fórmula pronta. Siglas e formatos não faltam. O que falta é começar a se mexer.

E se quer entrar mais neste universo, recomendo um ótimo evento que irá acontecer dia 22 de maio. Jean S.A. tem várias startups legais e uma curadoria que preparei com as que ainda estão despontando e as que já chegaram lá. O ingresso está super barato (só 200 reais) e 100% da renda para ajudar no tratamento de um amigo. Para comprar seu ingresso, clique aqui.

Procurar